Sob o Sol da Toscana!! Ah, como eu queria!!


Esse filme eu confesso que me deu a mesma sensação de “Uma Janela para o Amor”. Impossível uma mulher assistir esse filme e terminar sendo a mesma de antes.

Ele tem o dom de mudar as pessoas!

Quando as coisas estão indo muito mal para mim, sempre tento me imaginar a personagem deste filme, e o mesmo ocorre com um romance de bancas desses que eu li e do qual falarei depois, porque nem só de Jorge Amado e Eça de Queiroz vivem a humanidade.rs

Mais falando do filme, é daqueles que te faz babar com a fotografia, tem cada cena de tirar o fôlego de tão linda, perfeita e bucólica, que te deixam com vontade de correr para fazer as malas para a Toscana.

Com enorme sensibilidade ele fala de fins e recomeços, de superação, de compreensão, de humanidade, de liberdade e de amor. Fala de vida bem vivida de aproveitar cada segundo, de ser feliz apesar de tudo o que passa pela vida da gente.

Se a coisa anda ruim, esse filme é um santo remédio, com certeza seu coração encontrará a porta da esperança novamente.

Eu recomendo, mais não para sessão da tarde, já que as crianças e o homens não conseguirão entender o sentido da coisa toda.

As crianças não terão paciência com o desenrolar dos fatos e os homens carecerão de sensibilidade mesmo, para apreciar uma mulher vivendo plenamente a própria vida.

É uma espécie de DRAMA e não romance, o que quer dizer que: apesar de ter homens bonitões e tal não há foco exagerado no romance entre os personagens.

Portanto não é para ver com namorado, nem pretendente, nem amigo. Ok! Eu avisei!!rs

Aos demais recomendo com certeza!

História bem feita, original, trama bem amarrada, atores bem afinados, dá para ver sem susto, rir e chorar junto e no final sair de alma lavada.

Filme injustiçado que não recebeu o devido valor e relevância. Jamais será mais do mesmo como está cheio por aí!

Sob o Sol da Toscana ou Under the Tuscan Sun(ficha wikipédia)

É um filme de 2003 que retrata a busca de uma escritora por uma nova vida após o divórcio.

Elenco

* Diane Lane – Frances Mayes
* Sandra Oh – Patti
* Lindsay Duncan – Katherine
* Raoul Bova – Marcello
* Vincent Riotta – Martini
* Mario Monicelli – Velho das flores
* Roberto Nobile – Placido
* Kate Walsh – Grace
* Pawel Szajda – Pawel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s