De Nacional Kid à Jaspion e Kamen Raider…Tokusatsu e Super Sentai!


Eu estava conversando com meu irmão enquanto vasculhávamos a net a toa só pra encontrar coisa curiosas e divertidas e numa dessas encontrei esse site onde tem todos as músicas de seriados, desenhos, filmes e Tv.
Super completo começou a nossa tosqueira, um tal de procura a do Scoob Doo, Simpson, Jonny Quest, Tundercats, até que chegamos sabe-se lá como ao Nacional Kid.
Depois disso, foi de Winspector, a Patrine e  Kamem Raider Black RX.(essa musica eu nunca esqueci, assim como a do Jiban, do Jaspion)
Foi uma loucura, Jiban, Jyraia(nada com o do Naruto esse) Flashman, Changeman, Jaspion, Ultramem Tiga… e por aí foi.
Então começamos a nos perguntar: Onde esse povo todo foi parar? Será que a geração Power Rangers sabe que deve agradecer a esses, hoje vovós, pelo privilégio de poderem se divertir com os Rangers?
Como boa saudosista decidi fazer uma nova retrospectiva aqui dos Tokusatsu “filme de efeitos especiais” e dos Super Sentai”esquadrão” que embalaram e povoaram a mente de gerações.
Eu chorei muito mesmo revendo essas coisas, e acredito que a minha moralidade foi formada por eles, afinal eu nasci em 1981, assisti a isso até formar a minha personalidade, e as ideias de ser bom , honesto, honrado e justo, e é claro combater o mal, foram incutidas na minha mente por esses camaradas aí, porque sabemos que isso não é uma coisa da nossa cultura, nem dos que nos colonizaram.
Portanto os japas e seus programinhas são responsáveis por boa parte dos cidadãos de bem da década de 80 e 90 que andam por aí.
Ainda canto as musiquinhas de alguns de vez em quando, já que tem sempre aqueles que não saem de nossa mente, jamais.
Como eu queria que esse tempo voltasse!!!

As Super Sentai

Himitsu Sentai Goranger – Esquadrão Secreto Goranger -1975
JAKQ Dengeki Tai – Equipe Relâmpago JAKQ -1977
Battle Fever J – Febre de Batalha J -1979
Denshi Sentai Denjiman – Esquadrão Eletrônico Denjiman -1980
Taiyou Sentai Sun Vulcan – Esquadrão Solar Sun Vulcan -1981
Dai Sentai Goggle V – Grande Esquadrão Goggle V (“Gigantes Guerreiros Goggle V”, no Brasil) – 1982
Kagaku Sentai Dynaman – Esquadrão Científico Dynaman – 1983
Choudenshi Bioman – Super Elétron Bioman – 1984
Dengeki Sentai Changeman – Esquadrão Relâmpago Changeman – 1985
Choushinsei Flashman – Supernova Flashman (“Comando Estelar Flashman”, no Brasil) – 1986
Hikari Sentai Maskman – Esquadrão da Luz Maskman (“Defensores da Luz Maskman”, no Brasil) – 1987
Choujuu Sentai Liveman – Esquadrão Super-Feras Liveman – 1988
Kousoku Sentai Turboranger – Esquadrão Alta Velocidade Turboranger – 1989
Chikyuu Sentai Fiveman – Esquadrão Terrestre Fiveman – 1990
Choujin Sentai Jetman – Esquadrão Homens-Pássaro Jetman – 1991
Kyouryuu Sentai Zyuranger – Esquadrão Dinossauro Zyuranger – 1992
Gosei Sentai Dairanger – Esquadrão Cinco Estrelas Dairanger – 1993
Ninja Sentai Kakuranger – Esquadrão Ninja Kakuranger – 1994
Chouriki Sentai Ohranger – Esquadrão Super-Poderoso Ohranger – 1995
Gekisou Sentai Carranger – Esquadrão de Corrida Carranger – 1996
Denji Sentai Megaranger – Esquadrão Eletromagnético Megaranger – 1997
Seijuu Sentai Gingaman – Esquadrão Fera Estelar Gingaman – 1998
Kyukyu Sentai Go Go V – Esquadrão Resgate Go Go V – 1999
Mirai Sentai Timeranger – Esquadrão do Futuro Timeranger – 2000
Hyakujuu Sentai Gaoranger – Esquadrão Cem Feras Gaoranger – 2001
Ninpuu Sentai Hurricanger – Esquadrão Ninjas do Vento Hurricanger – 2002
Bakuryuu Sentai Abaranger – Esquadrão Dinossauros Explosivos Abaranger – 2003
Tokusou Sentai Dekaranger – Esquadrão de Investigação Dekaranger – 2004
Mahou Sentai Magiranger – Esquadrão Mágico Magiranger – 2005
Gougou Sentai Boukenger – Esquadrão Vibrante Boukenger – 2006
Juuken Sentai Gekiranger – Esquadrão Punho de Fera Gekiranger – 2007
Engine Sentai Go-Onger – Esquadrão Motorizado Go-Onger – 2008
Samurai Sentai Shinkenger – Esquadrão Samurai Shinkenger – 2009
Tensou Sentai Goseiger – Esquadrão Veste Celestial Goseiger – 2010

Esses foram o que eu assisti:

* Changeman – Rede Manchete a partir de 1988 e Rede Record em 1993
* Flashman – Rede Manchete a partir de 1989 e Rede Record em 1993
* Goggle V – Rede Bandeirantes a partir de 1990 e Rede Record em 1995
* Maskman – Rede Manchete a partir de 1991

# Dengeki Sentai Changeman- traduzido como Esquadrão Relâmpago Changeman, foi produzida em 1985. Seu tema era heróis com poderes de animais mitológicos europeus – Dragão, Grifo, Pegasus, Sereia e Fênix. Os nomes e sobrenomes dos heróis tinham um significado (Ex: “Tsurugi” significa espada, “Hi” siginfica voô e “Ryuu” siginifica “dragão”). Foi o primeiro Sentai a usar uma arma de fogo para derrotar os inimigos, o que se tornou recorrente até hoje no gênero. Foi a primeira série do gênero a ser exibida no Brasil, obteve enorme sucesso, desencadeando uma febre nacional pelo gênero tokusatsu como um todo no país.

# Choushinsei Flashman : traduzido como Supernova Flashman, foi produzida em 1986. Contava a história de cinco guerreiros raptados do planeta Terra e levados para direfentes planetas do Sistema Flash: Jin (Red Star), Dan (Green Star), Gô (Blue Star), Sara (Yellow Star) e Lu (Pink Star), e depois de vinte anos retornam a Terra para combater o mal e encontrar seus pais. Foi a primeira série a ter um segundo robô, o Titan Júnior. Exibida no Brasil no final dos anos 1980, também obteve grande sucesso no país.

# Hikari Sentai Maskman – traduzida como Esquadrão da Luz Maskman, foi produzida em 1987. Seu tema era baseado em diferentes artes marciais – Karate, Kempo, Kung-fu, Ninjutsu e Tai Chi Chuan – e os poderes do Ki e da Aura humana. Foi a primeira série em que um sexto membro (Mask X-1) aparece e a primeira em que um robô gigante é formado por cinco mechas (um de cada integrante). Exibida no Brasil em 1991, não fez grande sucesso como as demais séries. Na França foi exibido com o nome de Bioman II, em uma jogada de marketing devido ao sucesso de Bioman no país.

Séries de Tokusatsu- Sharivan, Shaider, Jaspion, Spielvan, Metalder, Jiraiya, Jiban, Winspector e Solbrain, Godzilla e os seriados Winspector e Solbrain, Jiraiya, Kamen Rider Black, Cybercops e muitos outros…

Dessas as que Assisti são: Jaspion,Jiraiya, Jiban, Winspector e Solbrain, Jiban, Godzilla e os seriados,Kamen Rider Black e Black RX e finalmente a última, Cybercops.
Power Rangers umas 3 série, mais acho que não conta muito, já que é americanizado demais.

Falando de alguns e suas curiosidades:

Cibercops- Em 1999, o esquadrão especial da polícia de Tóquio conhecido como ZAC (Zero Section Armed Constable ou Policiais Armados da Sessão Zero) cria o Cybercop, um grupo de policiais de elite com armaduras tecnológicas. Os Cybercops passam a combater a organização criminosa Destrap (Death Trap, no original) liderada pelo computador Fuhrer, uma criação de Barão Kageyama, o verdadeiro líder do grupo.

*O golpe Cyber Onda de Choque (Cybernic Wave, no original), desferido por Júpiter, é baseado no Meteoro de Pegasus desferido por Seiya em Cavaleiros do Zodíaco.
# O sucesso da série no Brasil pode ser explicado pela combinação de alguns fatores. Apesar de um orçamento modesto (até mesmo para os padrões de uma série de tokusatsu), efeitos especiais nem sempre convincentes (em razão de problemas ocasionados pelo próprio formato Betamax, citado anteriormente), Cybercops possuía um roteiro original, com uma história bem-elaborada e relativamente verossímil, até mesmo para os padrões de um tokusatsu. Além disso, foram evitados muitos clichês do gênero, que eram usados e abusados pela Toei, como robôs gigantes, super-bazucas, nomes dos personagens previsíveis, como “Red”, “Blue”, “Black”, e outros.
# Outro ponto forte da série foi a dublagem. Ao invés da Álamo, optou-se por contratar os estúdios BKS. Cybercops é lembrado pelos fãs por possuir uma excelente dublagem.
# A muleta que Takeda usa no episódio 16 não é encenação; o ator Yuki Yoshida se machucou durante as gravações da série e torceu o pé direito. (fonte: Wikipedia japonesa)
# Á exceção de Júpiter, os suit actors de Marte, Saturno, Mercúrio e Lúcifer eram os próprios atores (Shogo Shiotani, Ryuji Mizumoto, Ryoma Sasaki e Takashi Koura). Em diversos momentos da série, é possível ver os rostos dos atores por baixo do visor e reconhecê-los, devido à semi-transparência das lentes dos capacetes. Todos pertenciam ao Japan Action Club (atual JAE – Japan Action Enterprise) e eram dublês profissionais. Shiotani era membro veterano até sua morte, e Koura é veterano até hoje.
* Em 2002, faleceu o ator Shogo Shiotani (Akira/Marte). Devido a uma crise depressiva, o ator cometeu suicídio ao jogar-se de um prédio na região de Dougenzaka, bairro de Shibuya, em Tóquio. (fonte: Wikipedia japonesa)

Kamen Raider Black RX
Investigando o misterioso aparecimento de três estacas enquanto pilotava um helicóptero, Kotaro Minami (Issamu Minami na dublagem) encontra três monstros chamados Kaima, cujo aspecto lembrava aos sacerdotes da série anterior, que conseguem impedir sua transformação em Kamen Rider Black. Issamu é levado à base do Império Crisis, que propõe uma aliança em troca de dobrar seus poderes como Kamen Rider Black. Ao recusar a oferta, Issamu é jogado à deriva no espaço. No entanto, a radiação do sol que entra em contato com o Kingstone existente em seu corpo provoca uma inesperada mutação e Issamu é lançado na Terra renascido como Kamen Rider Black RX, o Filho do Sol (Tayou no Kou Kamen Raidā Burakku Aaru Ekkusu). Ao longo da série, RX ganhará ainda outras duas formas alternativas: RobôRider e BioRider.

curiosidades
*Kamen Rider Black RX foi o primeiro Kamen Rider a ter várias formas: RX, RoboRider e BioRider. É o único a ter um carro (Ridron).
*No episodio 10, Saburo um dos amigos de Shigeru usava um blusão com o escudo do clube brasileiro de futebol Santos Futebol Clube.
* O ator principal Tetsuo kurata, estava cursando o Ensino Médio quando foi indicado por um amigo e colega para o teste para protagonista da série Kamen Rider Black, em junho de 1987, ganhou um premio de algo como mil yenes em dinheiro e foi escolhido pelo próprio autor da história em mangá para o papel.
*Tetsuo interpretou seu papel como Koutarou Minami na continuação de Black, Kamen Rider Black RX, tornando-se o único ator da franquia a reprisar seu papel em uma nova série inteira. A série não obteve o mesmo sucesso de seu antecessor, mas ajudou a fixar o rosto de Kurata no público japonês.
*Após concluir o trabalho, em 1988, ao fim de 51 episódios da série, Kurata já possuía status de ator nacional. Em face disso, a Toei, que já tinha planos para uma continuação da série, contatou o ator, que renovou seu contrato com a produtora por mais um ano em troca de um aumento de quase o dobro de seu salário. Assim, Tetsuo interpretou seu papel como Koutarou Minami na continuação de Black, Kamen Rider Black RX, tornando-se o único ator da franquia a reprisar seu papel em uma nova série inteira. A série não obteve o mesmo sucesso de seu antecessor, mas ajudou a fixar o rosto de Kurata no público japonês.

*Posteriormente, abandonou o gênero tokusatsu, dedicando-se a atuar em filmes, séries e novelas nos anos 90, porém em aparições modestas, sem muito brilho. Acredita-se que isso ocorreu frente ao seu sucesso ao ter interpretado o Kamen Rider: seguido de Hiroshi Fujioka (Ichigou, o primeiro Kamen Rider) e Hiroshi Miyauchi (Kamen Rider V3), seu estigma como Kamen Rider é um dos mais fortes até hoje, sendo sua figura automaticamente ligada com o personagem Koutaro Minami/Black/Black RX.

*Atualmente, administra uma steakhouse chamada “Billy The Kid”, que serve como lanchonete para muitos atores. Em entrevistas recentes, Kurata declarou que muitos de seus fãs, hoje adultos, visitam seu estabelecimento somente para “falar com o Kamen Rider Black” e pedir seu autógrafo. O ator ainda criticou as séries Riders atuais, afirmando que os Kamen Riders de hoje são muito “doces” e que “Rider de brinco e cabelo comprido é inadmissível”, referindo que, quando interpretou Black, entrava em diversos locais inóspitos e fugia de explosões. Por fim, disse que adoraria reprisar o papel, e que só deseja um convite para que possa retratar novamente Koutarou Minami. (fonte: Wikipedia japonesa).

*O retorno como Issamu Minami – No dia 25 de maio de 2009, no Japâo, aconteceu uma coletiva de imprensa a respeito do novo filme do Kamen Rider Decade; e entre o elenco foram confirmadas as presenças de Tetsuo Kurata (que reprisará novamente o papel de Issamu/Koutarou Minami) e Shadow Moon (seu árqui-inimigo). No filme, que tem previsão de estréia no Japão em agosto de 2009, Decade encontrará todos os Kamen Riders da história da franquia (incluíndo Black e RX) para uma grande batalha contra diversos inimigos. A notícia foi um verdadeiro motivo de comemoração para os fãs do kamen Rider Black e Kamen Rider Black RX espalhados pelo Japão e pelo mundo.

*Semanas depois foi confirmado a presença do ator também na série do Kamen Rider Decade, em dois episódios: em um episódio ele será o Issamu da fase RX, e no outro ele será o Issamu da fase Black. E durante um desses episódios ocorrerá o encontro entre esses dois “Issamus´´, e consequentemente Kamen Rider Black e Kamen Rider Black RX estarão lutando juntos novamente (considerando que a primeira vez foi no especial do RX feito na época em que a serie foi produzida em 1988).

Jaspion
No planeta Edin, uma estrela a muitos anos-luz da Terra, o profeta Edin encontra um garoto humano que sobreviveu à queda de uma nave espacial no planeta, acidente no qual seus pais morreram. Crente nas profecia da Bíblia Galáctica, a qual preceituava que um guerreiro celestial salvaria a galáxia e o universo das forças do mal, Edin crê ser este o garoto predestinado a se tornar o lendário guerreiro. Ele adota o menino e o cria sozinho, dando-lhe o nome de Jaspion, na esperança de que, algum dia, o garoto venha a combater as ameaças do temível Satan Goss, do Império dos Monstros.

Anos mais tarde, já adolescente, Jaspion aprende sobre seu destino, e aceita de seu “pai” os equipamentos que seu mentor construiu para auxiliá-lo. Entre os artefatos, estão a armadura Metaltex, feita do metal mais resistente do universo; a andróide Anri, que passa a ser sua companheira na jornada, e a nave espacial Daileon, que tem o poder de transformar-se em um poderoso robô gigante. Sua missão é encontrar os pedaços da Bíblia Galáctica (que havia se espalhado pelo Universo após o Planeta ancestral de Edin ter sido destruído por um cometa) e destruir o império de Satan Goss.

Após algumas aventuras em planetas desconhecidos (num deles tendo resgatado a alienígena Miya, que é adotada e passa a acompanhar ambos), Jaspion e Anri chegam à Terra, alvo do maligno Satan Goss e seu filho MacGaren, que torna-se o rival do herói. Aqui, ganham novos aliados, como Boomerman (Boomerang, no original), o professor Nambara, e seus filhos, Kanoko e Kenta.

Curiosidades

# O ator que interpretou Jaspion, Seiki Kurosaki, há muito tempo abandonou a carreira de ator e segue firme e forte como instrutor de mergulho no Japão, na empresa Mother Earth (Mãe Terra)
# Embora Seiki Kurosaki fosse dublê do JAC, ele jamais vestiu a armadura do Jaspion. Esta informação foi fornecida pelo próprio ator em 2001, época que ele cedeu entrevista a revista brasileira Herói.
# Em alguns episódios é possivel ver na lateral da Alan Moto Space escrito “Suzuki”

Jyraia O super Ninja

Curiosidades

Em outubro de 2004, Takumi Tsutsui (o intérprete de Touha/Jiraiya) veio para o Brasil, junto com Hiroshi Watari (Den Iga/Sharivan em Sharivan, Kenji Sony/Spielvan em Spielvan, Boomerman em Jaspion, entre outros), em um evento em São Paulo chamado Ressaca Friends. Retornou ao Brasil em 2008 junto com Akira Kushida (cantor dos temas de Sharivan, Jaspion e do próprio Jiraiya, entre outros temas de tokusatsu) no evento Anime World, em Porto Alegre, e no evento Anime Friends em São Paulo.
A série diferenciou-se de suas antecessoras por quebrar o padrão da franquia na qual está inserida, introduzindo um herói sem superpoderes e utilizar como temática a tradição japonesa dos ninjas, até então nunca explorada nos Metal Heroes.

Estrela fascinante, Patrine

A jovem colegial Sayuri Murakami recebe de um estranho velhinho o poder de se transformar na Estrela Fascinante Patrine, a fim de proteger a paz na cidade. Na verdade, esse velhinho é o deus da cidade e dita a ela a seguinte condição: ela não deve revelar sua identidade secreta a ninguém, sob pena de ser transformada num sapo.

Tudo piora com o aparecimento do terrível Diabo do Inferno (Diablo, no original), mas ela conta com a ajuda da Esrela Fascinante Pequena Patrine, na verdade sua irmã mais nova, Tomoko, que também sofre as mesmas condições.

Longe das aventuras, elas ainda vivem confusões graças a seu irmão, Hideki.

Yuko Murakami, Casou-se em 2002 e atualmente é uma professora da Escola Superior de Ciências, uma professora adjunta e diretora-adjunto da Divisão de Cooperação Internacional de Pesquisa e Educação (DIRECT) na Graduate School of Science.(site personas japan)

2 comentários em “De Nacional Kid à Jaspion e Kamen Raider…Tokusatsu e Super Sentai!

  1. Boa Tarde
    Acredito que o ator Seiki Kurosaki não veio ainda no Brasil, por estar da bruxa Kilza, Kilmaza e do terrível Satã Goss. As duas primeiras foram as únicas, a neutralizar a sua energia, sendo a segunda, através dos seus ninjas, e a primeira foi a única, a tirar a sua transformação, fazendo sumir a água e fazendo ele trer sede. Dando uma água batizada. E só venceu o terrível Satã Goss. Porque as crianças iluminadas pelo pássaro dourado que eram cinco crianças. Invocaram ele surgindo uma linda espada. Que ele chamou de Daileon espadium lazer. Além do profeta Edin, que cuidou dele, distraindo e morrendo no lugar dele. Ajudando a achar as cinco crianças que fariam o derrotar o terrível Satã Goss.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s